quarta-feira, 1 de julho de 2009

O Rei está nú

Quem está acompanhando, ou tentando acompanhar, a transmissão do WCT no Brasil já sabe do que estamos falando.
Até agora não aconteceu nada de relevante, do ponto de vista do surf, no campeonato.
O assunto sem dúvida é a transmissão e a qualidade do site do evento.
Nosso papel aqui é tentar entender o que está acontecendo, tentar jogar alguma luz sobre o assunto, ou, pelo menos, olhar o quadro por ângulos diferentes.
Para quem não viu, vou resumir a situação utilizando um trecho de uma carta aberta que um de nossos colaboradores enviou para o pessoal da Hang Loose, intitulada "A Hang Loose envergonha o Brasil":

" O "site" oficial é uma vergonha. Não dá para acreditar que a ASP permita tamanho desrespeito com o circuito mundial. Será que a melhor forma de promover o evento é omitir todas as ondas e baterias do campeonato? Depois de dois dias de surf, não há no "site" oficial nem mesmo um vídeo com os melhores momentos.
O "site" supostamente em inglês é ainda pior. Limita-se a transcrever um 'press release' sem nenhuma tradução da página original.
A Hang Loose envergonha o pais com tamanho amadorismo e contribui, de forma inequívoca, com a piora da imagem do Brasil.
Todos os sites e os comentários não se conformam com a piada que é a 'cobertura oficial'.
Espero que a RBS tenha dado $$$ suficiente para compensar tamanha falta de profissionalismo."

Parecem palavras duras mas nada mais são do que uma tentativa de salvar o leite que já foi derramado.
De fato, somente hoje apareceram no site oficial alguns vídeos com highlights e algumas ondas das primeiras fases do evento. Verifiquem pessoalmente a qualidade das imagens e o primor de apresentação, lay-out e navegabilidade.
Para que vocês tenham uma referência, comparem com o vídeo que o Waves postou TRÊS DIAS ANTES DO SITE OFICIAL.
Aliás, parabéns ao Waves por atender às nossas necessidades com tanta presteza.
Se tiverem curiosidade para saber o que o público em geral está achando, dêem uma olhada nos comentários que ficam logo abaixo do vídeo.

Nós aqui no True Surfing não vamos engrossar o coro de críticas.
Poderíamos falar que a direção de imagem perde todas as vezes o início das ondas (vamos dar uma dica: quando a série está entrando NÃO é hora de mostrar uma cena do público na praia!).
Poderíamos comentar que os replays das ondas, quando são exibidos, parecem imagens do tempo do VHS.
Mas não, vamos nos ater a apenas um comentário, que não é nem dirigido à Hang Loose e que se refere ao título deste post.
Lembram-se daquela fábula em que o Rei andava pelado pelo reino e ninguém tinha coragem de avisar?
Pois é. A Hang Loose expõe as partes baixas, sem nenhum pudor, e precisa de verdadeiros amigos para avisá-la.
Nós aqui na True Surfing temos a decência e delicadeza de, em respeito aos nossos leitores, internautas e público em geral, noticiar em primeira mão que o rei está nú.
Dá pra reverter esse quadro? Acreditamos que sim.
No fundo, o que queremos é mostrar para todos que sim, temos surf de qualidade, sim, temos condição de realizar um campeonato de nível internacional, sim, temos capacidade da fazer bons negócios com inteligência, estética e alma. (Yes, we can!)
Estávamos contando com a Hang Loose para dar esse recado para o mundo.

Um comentário:

  1. O unico recado que a interessa a hang loose...."money in the bank...."

    ResponderExcluir